Logotipo BRC News

Casa Mamãe Margarida recebe o espetáculo ‘O Sarau do Feupuudo’

A Casa Mamãe Margarida, localizada na Rua Edmundo Soares, 27, no São José 2, é a terceira parada do “O Sarau do Feupuudo”, que acontece no dia 20 de abril, às 15h.

O espetáculo de palhaçaria apresenta uma proposta lúdica, sensível e convida o público para experimentar a magia de estar em um palco, com diferentes linguagens artísticas. O solo compõe o projeto “Feupuudo Circulando nos Abrigos” e, neste mês, já passou pelo Lar Batista Janell Doyle e Casa dos Filhos.

“Foram apresentações excelentes. Acredito que conseguimos atingir o nosso objetivo, que era levar um pouco de leveza aos locais, através da sensibilidade e ludicidade do espetáculo”, afirma Marcos Efraim, que interpreta o palhaço. “Os locais foram muito receptivos com toda a equipe, o que teve grande importância no êxito das ações”.

Efraim conta que Feupuudo é um palhaço mudo, curioso e rabugento, que ganhou novo figurino para a temporada de circulação nos abrigos das zonas norte e leste.

“O figurino está mais underground. O Feupuudo é da rua, órfão, morador de rua e, com o tempo, fomos modificando a roupa dele”, comenta o artista. “Outra novidade desse circuito são os recursos de acessibilidade em Libras, nossa proposta é criar momentos de conexão com os acolhidos”.

O projeto foi contemplado no edital nº 005/2023 – Concurso-Prêmio Manaus Identidade Cultural Demais Linguagens, promovido pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura), com recursos da Lei Paulo Gustavo.

Clássico

Segundo Efraim, o personagem é um clássico clown, que trabalha com comédia física. Feupuudo surge por acaso, a partir de 2018, após uma viagem do artista para o Nordeste, na qual ele teve que cuidar de crianças.

“Precisava realizar uma atividade de recreação com crianças, me deram um nariz e uma peruca e eu fiquei encantado com a experiência. Quando voltei para Manaus, comecei a pesquisar palhaçaria e desenvolver o Feuupudo”, conta o ator. “O nome foi dado pelo mestre Alexandre Penha, durante uma oficina de palhaçaria”.

Além de Marcos Efraim, que atua e assina a direção artística, a ficha técnica do projeto tem Ananda Sarah na coordenação de produção, Ezequiel Michiles e Leonardo Alfaia na assistência de produção, Lay Amorim como social media, César Nogueira na fotografia, Manuella Barros na assessoria de imprensa, Caio Alves na identidade visual e Crisoney Gomes nas Libras.

Trajetória

“O Sarau do Feupuudo” já foi apresentado em sete municípios do Amazonas, no Sesc Ver-o-Peso, em Belém; e no Festival in Solus Tucujus, em Macapá. Em Manaus, a produção circulou em diversos espaços culturais e, em 2022, participou da 15ª Mostra de Teatro do Amazonas e da segunda e terceira edição do Festival de Circo do Amazonas.

No ano passado, o espetáculo compôs a programação da 38ª Feira de Livros do Sesc Amazonas, concorreu na mostra competitiva do Festival de Teatro do Tapajós, em Santarém, e venceu nas categorias de “Melhor Ator”, “Melhor Cenário” e “Melhor Figurino”.

Programação

Em 2024, o palhaço Feupuudo está confirmado na abertura do Festival Solos do Pará, no dia 1º de maio, em Santarém. Na programação do evento, Marcos Efraim vai ministrar uma oficina de palhaçaria.

“Este ano também realizaremos a segunda edição do projeto ‘Na estrada’, é o ‘O Sarau do Feupuudo na estrada 2.0’”, adianta o artista.

Perfil

Marcos Efraim é ator, palhaço, contador de histórias e acadêmico de Teatro da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Iniciou a carreira artística em 2018, com estudos na arte da palhaçaria.

É membro dos grupos “Acadêmicos da alegria”, “Práticas poéticas com riso” e “ Roda na Praça”.

FOTOS: César Nogueira

Últimas Notícias

Rolar para cima